O Município: Histórico | Localização | Hospedagem | Gastronomia | Pontos Turísticos | Legislação
 

Edital UAB- UFPEL Processo seletivo

FUNDAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE PELOTAS REITORIA / CENTRO ESPECIALIZADO EM SELEÇÃO EDITAL / CES Nº 117, DE 03 DE NOVEMBRO DE 2008 Processo Seletivo UFPel / UAB 2009             A Universidade Federal de Pelotas torna pública a abertura de inscrições ao Processo Seletivo Especial para ingresso nos cursos de Licenciatura em Pedagogia, Licenciatura em Letras Espanhol e Licenciatura em Educação no Campo, na modalidade de Educação a Distância (EaD), oferecidos pelo Sistema Universidade Aberta do Brasil (UAB), com início previsto no primeiro semestre de 2009, destinados às pessoas que tenham certificado de conclusão do Ensino Médio (curso de 2o Grau ou equivalente). 1-DAS DISPOSIÇÕES PRELIMINARES 1.1. A realização do Processo Seletivo – planejamento, divulgação e execução – ficará a cargo do Centro Especializado em Seleção (CES) da Universidade Federal de Pelotas (UFPEL). 1.2. O processo seletivo será regido por este edital e realizado nas cidades de Arroio dos Ratos – RS, Balneário Pinhal – RS, Cacequi – RS, Cachoeira do Sul – RS, Cerro Largo – RS, Encantado – RS, Herval – RS, Itaqui – RS, Jaguarão – RS, Novo Hamburgo – RS, Panambi – RS, Restinga Seca – RS, Rosário do Sul – RS, Santana da Boa Vista – RS, Santa Vitória do Palmar – RS, São Francisco de Paula – RS, São Lourenço do Sul – RS, São Sepé – RS, Sapiranga – RS, Sapucaia do Sul – RS, Serafina Corrêa – RS e Paranaguá -PR, as quais ficam definidas como cidades-pólo para a realização dos cursos. 1.3. O candidato, ao efetivar sua inscrição, declara acatar, na íntegra, as normas deste Edital. 1.4. O extrato do Edital será divulgado no Diário Oficial da União e, também, em jornais de circulação estadual e/ou municipal (no qual será realizado o processo seletivo) e a versão completa estará disponível no site http://ces.ufpel.edu.br/pse . 1.5. O ingresso dos candidatos classificados far-se-á em ordem decrescente de pontuação no escore final, de acordo com a distribuição das vagas para os cursos oferecidos por cidade pólo. 1.6. Os cursos são gratuitos e os concluintes receberão certificados da Universidade Federal de Pelotas, com  todos os direitos garantidos pelo Ministério da Educação, não havendo distinção entre o aluno de EaD e o aluno de curso presencial. 2. DOS PÓLOS, CURSOS E VAGAS 2.1. Serão ofertadas um mil e quatrocentas (1400) vagas, conforme segue. 2. DOS PÓLOS, CURSOS E VAGAS 2.1. Serão ofertadas um mil e quatrocentas (1400) vagas, conforme segue. Pólos Vagas Cursos Arroio dos Ratos – RS 50 Licenciatura Letras Espanhol 50 Licenciatura Letras Espanhol Balneário Pinhal - RS 50 Licenciatura em Pedagogia Cacequi - RS 50 Licenciatura Letras Espanhol 50 Licenciatura Letras Espanhol Cachoeira do Sul – RS 50 Licenciatura em Pedagogia Cerro Largo - RS 50 Licenciatura Letras Espanhol Encantado - RS 50 Licenciatura em Pedagogia Herval - RS 50 Licenciatura Letras Espanhol Itaqui - RS 50 Licenciatura em Educação no Campo 50 Licenciatura Letras Espanhol Jaguarão - RS 50 Licenciatura em Educação no Campo Novo Hamburgo - RS 50 Licenciatura Letras Espanhol Panambi - RS 50 Licenciatura em Pedagogia Restinga Seca - RS 50 Licenciatura Letras Espanhol Rosário do Sul - RS 50 Licenciatura em Educação no Campo Santana da Boa Vista - RS 50 Licenciatura Letras Espanhol Santa Vitória do Palmar - RS 50 Licenciatura Letras Espanhol São Francisco de Paula - RS 50 Licenciatura Letras Espanhol São Lourenço do Sul - RS 50 Licenciatura em Pedagogia 50 Licenciatura em Educação no Campo São Sepé - RS 50 Licenciatura Letras Espanhol 50 Licenciatura em Educação no Campo Sapiranga - RS 50 Licenciatura Letras Espanhol 50 Licenciatura em Educação no Campo Sapucaia do Sul - RS 50 Licenciatura Letras Espanhol Serafina Corrêa - RS 50 Licenciatura Letras Espanhol Paranaguá - PR 50 Licenciatura Letras Espanhol 2.2. Estão previstas até 20% de atividades, na modalidade presencial, de caráter obrigatório, que ocorrerão nos  respectivos pólos, à noite e/ou finais de semana. 3. DA INSCRIÇÃO 3.1. A inscrição para este Processo Seletivo deverá ser feita no período compreendido entre cinco de  novembro (05/11) e, às 18 horas, do dia dois de dezembro (02/12) de 2008, através do preenchimento da  ficha de inscrição –– exclusivamente via internet –– e do pagamento da taxa correspondente junto à Caixa  Econômica Federal. 3.1.1. A taxa de inscrição será de setenta reais (R$ 70,00). 3.1.2. No ato da inscrição o candidato deverá optar obrigatoriamente por um pólo de ensino para concorrer a uma vaga neste pólo, conforme item 2 deste Edital, no qual serão realizadas, durante a vigência do Curso, atividades presenciais de caráter obrigatório. 3.1.3. Somente no ato do pagamento do boleto bancário é que se efetiva a inscrição do candidato. O boleto bancário pago é o comprovante de inscrição, devendo ser guardado até o término do Processo Seletivo. 3.1.4. Em nenhuma outra hipótese, será aceita inscrição condicional ou extemporânea, ou haverá restituição da taxa de inscrição, salvo em caso de cancelamento do Processo Seletivo. 3.1.5. São considerados documentos de identidade hábeis para a inscrição os expedidos pelos seguintes órgãos: Brigada Militar, Conselhos Profissionais, Departamento de Polícia Civil, Departamento de Polícia Federal, Departamento Nacional de Trânsito, Instituto Félix Pacheco, Ministério da Aeronáutica, Ministério da Marinha, Ministério do Exército, Ministério do Trabalho, Polícia Federal, Polícia Militar, Secretaria de Segurança Pública, Secretaria da Justiça, do Trabalho e da Cidadania e Secretaria da Justiça e da Segurança. 4. DOS PROCEDIMENTOS PARA A INSCRIÇÃO 4.1. O candidato somente estará inscrito neste Processo Seletivo se obedecer ao procedimento descrito no item 3.1. 4.2. É obrigatório o preenchimento de todos os campos da ficha de inscrição. A não observância dessa condição ou o preenchimento incorreto implicará a eliminação do candidato do Processo Seletivo. 4.3. A finalização do procedimento de inscrição gerará um boleto bancário, a ser impresso pelo candidato. É da  responsabilidade deste conferir os dados constantes neste documento e, no caso de necessitar alterá-los e/ou complementá-los, refazer o processo, de forma a gerar um novo boleto bancário. Parágrafo único -Uma vez feito o pagamento, não poderá haver alteração e/ou complementação dos dados. Isso só será possível mediante o pagamento de nova inscrição. 4.4. O candidato deverá conferir, até o segundo (2°) dia útil após o término das inscrições, a confirmação de sua inscrição no Processo Seletivo, disponível tanto no site do CES quanto na sede (Rua Gonçalves Chaves, 3126, telefone (53) 3222-4060, Pelotas/RS). 4.4.1. Caso o candidato não constate a confirmação de sua inscrição, deverá dirigir-se ao CES, munidodo comprovante de pagamento da taxa, até o terceiro (3º) dia útil após o término do período de inscrições, para solicitar a inclusão de seu nome dentre os inscritos. Esta solicitação poderá ser pessoalmente ou através de procurador habilitado ou via FAX (53) 3222-4060, no horário das 8h às 11h30min e das 13h30min às17h30min. 5.1. O candidato interessado em participar do programa de isenção deverá preencher a ficha de inscrição do processo seletivo no site http://ces.ufpel.edu.br/pse, imprimir o boleto bancário e preencher o requerimento em anexo, e entregá-los (requerimento de isenção e boleto bancário), no período de 05 a 14 de novembro de 2008, na sede do CES, no horário das 8 às 11h 30min e das 14 às 17h30min, ou enviá-los pelo correio ao endereço: CENTRO ESPECIALIZADO EM SELEÇAO DA UFPEL - Rua Gonçalves Chaves, 3126 – Pelotas –RS – CEP 96015-560. 5.1.1. O CES não receberá requerimentos de isenção fora desse prazo, sendo válido para o envio pelo Correio, a data de postagem. 5.1.2. A solicitação de isenção somente poderá ser feita, conforme disciplina o Decreto nº 6.593/2008, por candidato que a) estiver inscrito no Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal – CadÚnico, de que trata o Decreto nº 6135/2007; e b) for membro de família de baixa renda que, nos termos do Decreto nº 6135/2007, é aquela com renda familiar mensal per capita de até meio salário mínimo ou a que possua renda familiar mensal de até três salários mínimos. 5.2. Os resultados dos processos de isenção serão divulgados no dia vinte e seis (26) de novembro de 2008, no site do CES. 5.2.1. Aqueles candidatos, cujo requerimento de isenção foi deferido, estarão automaticamente inscritos. 5.2.2. Os candidatos que não forem beneficiados pela isenção, se desejarem participar do processo seletivo, deverão emitir uma 2ª via do boleto bancário ou preencher nova inscrição, no site http://ces.ufpel.edu.br/pse , e efetuar o pagamento da taxa na rede bancária ou casas lotéricas, até o dia dois de dezembro (02/12) de 2008. 5.3. Informações adicionais sobre a isenção poderão ser obtidas no CES, fone (53) 3222-4060 ou pelo e-mail ces@ufpel.edu.br . 6. DOS PROGRAMAS Os programas das disciplinas que compõem as provas estão à disposição no site: http://ces.ufpel.edu.br/pse. 7. DA REALIZAÇÃO DAS PROVAS 7.1. As provas serão realizadas no dia quatorze de dezembro (14/12) de 2008, das quatorze (14) às 19 (dezenove) horas, nas cidades Arroio dos Ratos – RS, Balneário Pinhal – RS, Cacequi – RS, Cachoeira do Sul – RS, Cerro Largo – RS, Encantado – RS, Herval – RS, Itaqui – RS, Jaguarão – RS, Novo Hamburgo – RS, Panambi – RS, Restinga Seca – RS, Rosário do Sul – RS, Santana da Boa Vista – RS, Santa Vitória do Palmar – RS, São Francisco de Paula – RS, São Lourenço do Sul – RS, São Sepé – RS, Sapiranga – RS, Sapucaia do Sul – RS, Serafina Corrêa – RS e Paranaguá - PR. 7.2. É responsabilidade do candidato saber o endereço do local onde deverá realizar as provas, não lhe sendo permitido, em hipótese nenhuma, fazer a prova em outro local. Esta informação estará disponível a partir dia oito de dezembro (08/12) de 2008, no site: http://ces.ufpel.edu.br/pse ou na sede do CES. 7.3. O candidato deverá apresentar-se no local de realização das provas, com no mínimo trinta (30) minutos de antecedência, e aguardar a abertura dos portões de acesso. Em nenhuma hipótese será permitida a entrada de candidato após o fechamento dos portões, previsto para as sete horas e quarenta e cinco minutos (7h45min). 7.4. O candidato deverá, obrigatoriamente, apresentar, no momento da realização das provas, o documento de identidade original, que ficará à disposição da fiscalização do CES, em local visível, durante toda a execução da prova. Deverá também portar caneta esferográfica da cor azul ou preta, não lhe sendo permitido portar calculadoras, relógios, telefone celular ou quaisquer outros equipamentos eletrônicos, sob pena de ser eliminado do processo seletivo. 7.4.1. Caso o candidato esteja impossibilitado de apresentar documento de identidade original, por motivo de perda, furto ou roubo, deverá apresentar o registro de ocorrência em órgão policial, expedido há, no máximo, noventa (90) dias; nessa ocasião será submetido à identificação especial, através de coleta de assinaturas e de impressão digital em formulário próprio. 7.4.2. O CES não se responsabilizará pelo extravio de quaisquer objetos ou valores trazidos pelos candidatos durante o Processo Seletivo. Portanto, recomenda-se que cada candidato traga somente o material estritamente necessário à realização das provas. 7.5. No dia de realização das provas será coletada a impressão digital de todos os candidatos. 7.6. O candidato não deverá perguntar nada referente à prova ao fiscal, pois todas as instruções estarão no caderno de questões. Uma leitura competente é requisito essencial para o candidato. 7.7. O candidato não poderá sair da sala onde se realizam as provas antes de transcorrerem duas horas (2h), sob pena de ser eliminado do Processo. Caso deseje levar consigo o seu caderno de provas, deverá sair da sala após transcorridas três horas (3h). Saindo antes, em hipótese nenhuma poderá retornar para pegar o caderno. 7.8. O candidato que, por uma razão imperiosa, necessitar sair da sala onde se realiza a prova, só poderá fazê-lo acompanhado por um fiscal. 8. DA CONSTITUIÇÃO DAS PROVAS 8.1. O Processo Seletivo será constituído de quatro (4) provas comuns a todos os cursos: a Prova de Redação, eliminatória e classificatória, três (3) provas de múltipla escolha, classificatórias, e, o contido no item 16.3 do edital. 8.1.1. As provas de múltipla escolha são: Língua Portuguesa, Matemática e Informática. 8.1.2. A prova de Língua Portuguesa será constituída de vinte (20) questões; a prova de Matemática, de vinte (20) questões e a de Informática, de dez (10) questões. 8.1.3. Nas provas, além do conteúdo das diferentes disciplinas, poderá ser cobrada a cultura geral do candidato. 8.2. Sobre as provas de múltipla escolha, cumpre observar que 8.2.1. as elipses correspondentes às respostas do candidato devem ser totalmente preenchidas com caneta esferográfica preta ou azul, sem espaços claros, conforme modelo contido no Cartão-Resposta. 8.2.2. para cada questão, haverá seis alternativas. A última delas – a alternativa “f” – sempre indicará a opção “IR” (ignoro a resposta). Entre as cinco (5) primeiras, apenas uma será a correta. 8.2.3. será computada como questão correta (QC) aquela em que a opção do candidato coincidir com a indicada pelo gabarito divulgado pela Universidade. As QC somarão pontos no escore final. 8.2.4. será computada como questão errada (QE) aquela que se enquadrar em qual(is)quer das seguintes condições: não ter resposta assinalada (em branco); apresentar resposta diversa da indicada pelo gabarito; apresentar mais de uma resposta assinalada; apresentar sinais de rasura. Cada questão errada acarretará o desconto de 10% da pontuação de uma questão correta (0,1 x QC). 8.2.5. As questões cuja resposta for a alternativa “f” (ignoro a resposta) não somarão ou diminuirão pontos. 9. DA PROVA DE REDAÇÃO 9.1. O candidato, na Prova de Redação, deverá desenvolver um texto de vinte e cinco (25) a trinta (30) linhas, incluindo-se aí o título da dissertação ou os elementos formais da carta (local e data, vocativo etc.), conforme o tipo de texto exigido. O que for escrito na parte externa à moldura da folha de resposta da redação não será avaliado, mas poderá ser considerado para fins de eliminação do candidato. 9.2. Entende-se por moldura o espaço delimitado por quatro retas dispostas em formato retangular, em cujo interior se encontram as linhas destinadas para a redação. 9.3. A redação será avaliada mediante os critérios de: I – Tema e Coletânea; II – Coerência; III – Tipo de texto; IV – Modalidade e V – Coesão. 9.4. Será atribuída nota ZERO à redação que incorrer em uma das seguintes situações: a) apresentar menos de 16 linhas (incluindo o título); b) fugir ao tema da prova de redação; c) for desenvolvida em um tipo de texto que não o proposto; d) for escrita a lápis; e) apresentar marcas estranhas ao texto, que possibilitem a identificação do candidato; f) for assinada com outra palavra que não “candidato” ou “candidata” (se carta); g) for assinada de qualquer forma (se dissertação). 10. DO CÁLCULO DO ESCORE DAS PROVAS 10.1. O escore final máximo corresponde a setenta (70), equivalente ao somatório dos pontos obtidos nas quatro (4) provas. [Prova de Redação: vinte (20) pontos; Língua Portuguesa: vinte (20) pontos; Matemática: vinte (20) pontos; Informática: dez (10) pontos]. 10.2. Os escores parcial e final serão calculados através das seguintes fórmulas: a) escore parcial = (NQC – 0,1 x NQE), com valor máximo igual a cinqüenta (50), onde NQC e NQE representam, respectivamente, o número de questões certas e o número de questões erradas. b) escore final = escore parcial + NR; em que NR representa a nota da Redação. 10.3. Em caso de anulação de alguma questão, quaisquer que sejam as razões, será a ela atribuída a pontuação máxima para todos os candidatos. 11. DA ELIMINAÇÃO DO PROCESSO SELETIVO Será automaticamente considerado eliminado do Processo Seletivo o candidato que a) não satisfizer as condições previstas no item 3.1; b) obtiver nota ZERO na Prova de Redação; c) utilizar métodos ilícitos para a realização das provas ou desrespeitar as normas deste edital; d) se portar indevidamente ou de forma desrespeitosa com qualquer pessoa envolvida no Processo Seletivo; e) não entregar o cartão-resposta no horário previsto. 12. DA CORREÇÃO DA PROVA DE REDAÇÃO Em cada curso serão corrigidas todas as provas de redação. 13. DA CLASSIFICAÇÃO 13.1. Em cada curso serão classificados os candidatos que obtiverem maior pontuação até o número de vagas disponível. 13.2. Para fins de desempate na classificação final, prevalecerão, sucessivamente, os seguintes critérios: a) nota da prova de Redação; b) nota da prova de Língua Portuguesa; c) não zerar nenhuma das provas; d) idade do candidato, privilegiando-se o mais velho. 14. DOS CANDIDATOS COM DIREITO A ATENDIMENTO DIFERENCIADO 14.1. Candidatos portadores de necessidades educacionais especiais terão atendimento previsto em Lei. Esses candidatos deverão informar, através de laudo do médico especialista, endereçado ao CES, a sua necessidade especial, até o fim do período de inscrições. 14.2. A solicitação será apreciada pelo setor de perícia médica da universidade, que poderá ou não deferi-la. 14.3. Caso o CES não seja informado, por escrito, no prazo estipulado, não se responsabilizará por propiciar condições especiais de realização das provas aos candidatos com direito ao atendimento diferenciado. 14.4. A candidata que tiver necessidade de amamentar durante a realização das provas deverá levar um acompanhante, que ficará em sala reservada para essa finalidade e que será responsável pela guarda da criança. ] 15. DOS RECURSOS E IMPUGNAÇÕES 15.1. Eventuais recursos administrativos e impugnações poderão ser interpostos junto ao CES, situado à Rua Gonçalves Chaves, 3126 – Pelotas – RS – CEP 96.015-560, ou via FAX (53) 3222-4060. 15.1.1. Não serão aceitos recursos enviados por correio eletrônico (e-mail) e/ou extemporâneos. 15.2 Só serão aceitas impugnações a questões apresentadas nas provas até às dezessete horas (17h) do dia quinze de dezembro (15/12) de 2008, durante o expediente da UFPel. Julgada procedente a impugnação, a questão será anulada pelo CES. 16. DA DIVULGAÇÃO DOS RESULTADOS 16.1. Os gabaritos preliminares das provas de múltipla escolha serão divulgados no dia quatorze de dezembro (14/12) de 2008, no site http://ces.ufpel.edu.br/pse, depois da aplicação das provas. 16.2. Os gabaritos finais das provas de múltipla escolha serão divulgados dia dezenove de dezembro (19/12) do corrente ano, no site da UFPel/CES. 16.2. Os resultados finais e oficiais do Processo Seletivo, listagem com nome e classificação dos candidatos aprovados, serão divulgados no CES e no site http://ces.ufpel.edu.br/pse. As chamadas posteriores serão divulgadas pelo Departamento de Registros Acadêmicos (DRA) da Pró-Reitoria de Graduação da UFPel. 16.3. Os resultados do Processo Seletivo serão válidos para o período letivo regular subseqüente à realização das provas, não sendo necessária a guarda de documentação dos candidatos por prazo superior ao término de tal período. 17. DA MATRICULA Informações sobre matrículas dos aprovados constarão de Edital a ser publicado pelo DRA da Pró-Reitoria de Graduação, sendo disponibilizadas no site da UFPel, na imprensa regional e no referido Departamento. 18. CONSIDERAÇÕES FINAIS 18.1. Para garantir a lisura e a segurança do Processo Seletivo, o CES, quando couber, utilizará equipamentos eletrônicos ou solicitará à autoridade competente a identificação datiloscópica do candidato, podendo ainda fazer nele uma vistoria rigorosa. É de inteira responsabilidade do candidato qualquer transtorno por ele ocasionado. 18.2. Será eliminado, em qualquer época, mesmo depois de matriculado, o candidato que, comprovadamente, para realizar o Processo Seletivo, tiver usado documentos e/ou informações falsos ou outros meios ilícitos. 18.3. A leitura e o cumprimento estrito das normas deste edital, a busca de esclarecimentos e a postulação tempestiva de retificações necessárias, constituem ônus do candidato, integrando o certame como fase eliminatória prévia. 18.4. Os casos omissos serão resolvidos pelo CES. 18.5. O CES fará divulgar, sempre que necessário normas complementares e avisos especiais. Prof. Cláudio Manoel da Cunha Duarte Diretor Executivo do CES Prof. Dr. Telmo Pagana Xavier Vice-Reitor no exercício da Reitoria             MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO             UNIVERSIDADE FEDERAL DE PELOTAS             CENTRO ESPECIALIZADO EM SELEÇÃO             REQUERIMENTO DE ISENÇÃO DA TAXA DE INSCRIÇÃO             Ao             Centro Especializado em Seleção da             Universidade Federal de Pelotas             Senhor Diretor:             Eu, _____________________________________________, Carteira de Identidade nº ____________________, CPF nº _______________________, solicito, nos termos do Decreto nº 6593, de 02/10/2008, isenção da taxa de inscrição do Processo Seletivo para os cursos de graduação da UFPel, na modalidade a Distância, que integram o Sistema Universidade Aberta do Brasil (UAB), conforme Edital / CES nº 117/2008. Para tanto, declaro estar inscrito no Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal, com o Número de Identificação Social – NIS ______________________________ e que atendo a condição estabelecida no inciso II do caput do art. 1º do Decreto acima referido (família de baixa renda).             Declaro estar ciente de que os dados que estou prestando são de minha inteira responsabilidade. No caso de informações falsas, declaro estar ciente de que estarei sujeito às sanções previstas em lei, aplicando-se, ainda, o disposto no parágrafo único do art. 10 do Decreto nº 83.936, de 06 de setembro de 1979. Pelotas, _____ de ________________ de 2008. _________________________________________ Assinatura do Candidato MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO FUNDAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE PELOTAS REITORIA / CENTRO ESPECIALIZADO EM SELEÇÃO Processo Seletivo UFPel / UAB 2009 – Cursos de Licenciatura CRONOGRAMA DATAS  / ETAPAS 05 de novembro a 02 de dezembro de 2008, até 18h -Período de Inscrições. 05 a 14 de novembro de 2008 -Período para solicitar isenção da taxa de inscrição. 26 de novembro de 2008 -Resultado dos processos de isenção. 08 de dezembro de 2008 -Divulgação dos locais de prova. 14 de dezembro de 2008, das 14 às 19h -Aplicação das provas nos municípios pólo. 14 de dezembro de 2008, após a prova -Divulgação dos gabaritos preliminares. 15 de dezembro de 2008, até 17h - Prazo para interpor recurso quanto às questões 19 de dezembro de 2008 -Divulgação dos gabaritos definitivos. Resultados finais do processo seletivo.
Rua Mirapalhete, 1179 - Cep 96230 - 000 Tel. (53) 3263 - 8000 | Logar no Portal | Webmail